Casamento: quais vinhos usar e como harmonizar com seu menu!



Agora que você leu nossas dicas e já sabe que tipo de bebida escolher para o seu casamento, chegou a hora de falarmos sobre harmonização, tema que sempre rende muitas discussões e é bastante desafiador. Se você acha que o seu público prefere vinho ou espumante, você precisa levar em consideração o que será servido durante o evento, para que você consiga um casamento perfeito tanto na cerimônia quanto na harmonização dos pratos!

Vamos as dicas de harmonização!
Se o jantar não for harmonizado, não há problema em servir um único vinho na festa. Nesse caso, é interessante considerar outras opções de bebida como cervejas, drinks e coquetéis. Se o menu for harmonizado, temos a seguinte sugestão tradicional de como servir:

Canapés
Espumante (Brut)

Entrada
Vinho mais leve (Pinot Grigio ou Sauvignon)

Prato Principal
Vinho mais encorpado (Merlot ou Malbec)

Bolo
Espumante (Moscatel ou Demi-Sec)

Os vinhos muito exóticos, em geral, não combinam com casamento. 


Para complementar e te ajudar na escolha, seguem algumas sugestões tradicionais de harmonização:

Saladas
Sauvignon Blanc

Peixes, massas com molho branco ou de queijo, risoto de queijo, aves
Chardonnay

Carnes leves, massas com molho vermelho simples, carne suína, carré de cordeiro
Pinot Noir ou Sangiovese

Massas com molhos mais pesados, carne vermelha em geral, pratos com funghi
Merlot, Malbec, Cabernet Franc, Tempranillo, Carmenere.

E com risotos, como harmonizar?
Chardonnay: Risoto de queijo e legumes.
Suavignon Blanc: Risoto de limão, Salmão, queijos azuis ou frutos do mar.
Pinot Noir: Risoto de carne, linguiça, charque, cordeiro ou cogumelos.
Merlot: Risoto de bacalhau.
Rosé: Harmoniza com a maioria dos risotos.

Caso a única bebida seja um espumante, pode se optar por um que seja ideal para o momento de celebração. Existe um catálogo diverso de bons espumantes para serem servidos em eventos como esse. Cava e Prosecco são espumantes muito vistos em casamentos. Se a época da festa tiver clima quente, pode-se pensar em usar brancos, rosés e tintos mais leves. Tente escolher vinhos sem passagem de madeira ou estágio mais curto e fáceis de beber, mesmo sem acompanhar comida.

DICA BOCCATI:
Malbec ou Tannat, é indicado para menus gordurosos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mais de 70 mulheres apaixonadas pelo vinho

Boccati recebe Inovini Road Show 2018

18 curiosidades sobre vinhos que você precisa saber!