Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

Boccati promove imersão enogastronômica com a temática Europa

Imagem
Seguindo a tradição dos Circuitos Enogastronômicos, a Boccati desenvolve a sétima edição do evento

Na noite de 14 de julho, a Boccati realizará o Circuito Enogastronômico Europa. Serão dez mesas com mais de 60 rótulos de vinhos e espumantes europeus. Entre os destaques para degustação estarão: Primitivo Papale D.O.P., Barolo Pietro Rinaldi D.O.C.G., Brancaia Tre Rosso Toscana, Tarima Monastrell Orgânico e Terra Serena Prosecco D.O.C.  “Temos a intensão de proporcionar aos nossos clientes uma experiência incrível no mundo do vinho, com boa gastronomia e atrações culturais. O Circuito Enogastronômico Europa é o sétimo promovido pela Boccati e neste evento o público terá a oportunidade de imersão no universo do continente europeu”, afirma a coordenadora de marketing da Boccati, Eduarda D´Agostini. Os rótulos serão harmonizados com pratos típicos preparados pelo chef Gabriel Lourenço, da Sal a Gosto, restaurantesIl Rifúgio del Gourmet eDi Paolo, além dos pães de Charlie Bakery.Para sobremesa,…

Primitivo e Zinfandel, as uvas irmãs

Imagem
A Zinfandel é uma uva muito cultivada nos Estados Unidos, especialmente na Califórnia. Mas, tem plantações em outros países como África do Sul, México e Austrália. Uva de bagas graúdas, de coloração azul-escura que são doces e cheios de sumo. De modo geral, apresenta vinhos com alto teor alcoólico, taninos acentuadas e encorpados; tem como aromas comuns frutas maduras (cereja, framboesa, amora e ameixa), especiarias doces (cravo e canela) e dependendo de seu estágio em barricas, baunilha, tabaco e chocolate. Quanto à harmonização, pode acompanhar vários pratos; principalmente, queijos amarelos, churrascos, pizzas e refeições à base de carne.

Primitivo é a principal casta de Puglia, Sul da Itália. Produz vinhos tintos escuros, encorpados e muito rústicos. Normalmente são ricos em aromas e sabores, fáceis de serem harmonizados, já que emprestam sabor marcante ao paladar. A uva é perfeita para acompanhar pizzas, queijos amarelados e pratos que contenham carne vermelha em sua composição, o…

Filmes sobre vinho para curtir o feriado

Imagem
Feriado vem aí... E para você que é viciado em vinhos como nós, preparamos uma seleção especial de filmes com a temática vinho 🍷

O Julgamento de Paris: Em 1976, um sommelier de Paris vai para a Califórnia provar o vinho das novas vinícolas da área e talvez levar algum produto de volta para uma competição na Europa. Baseada em fatos reais, esta comédia mostra como Napa Valley entrou para o mapa como um dos grandes produtores de vinhos do mundo.
O Rato Que Ruge: Em um fictício “menor país do mundo”, localizado entre a França e a Suíça, a única fonte de renda existente é a exportação de um famoso vinho para os Estados Unidos. No entanto, uma falsificação feita na Califórnia faz com que o país pare de importar o produto. Pensando em uma resposta, o primeiro-ministro declara guerra aos EUA (esperando alguma ajuda depois da inevitável derrota), mas o problema é que eles "vencem" a guerra e vão ter de enfrentar as consequências.

O Sabor do Amor: Comédia romântica sobre uma jovem que,…

Filipa Pato e os vinhos sem maquiagem

Imagem
Filha do embaixador da uva Baga, Luís Pato, a portuguesa Filipa Pato decidiu aos 20 anos que gostaria de seguir a profissão do pai. Formada em química, nunca havia pensado em ser produtora, mas a vocação falou mais alto, fazendo com que buscasse maneiras de vinificação que se encaixassem ao seu estilo de produzir vinho. De início, recebeu um sonoro “não” de seu pai. Mas, sua avó lhe ofereceu uma antiga vinícola que pertencia ao seu tio em meados de 1888. Ela aceitou a oferta e investiu na estrutura, que embora antiga, era bem planejada. Apesar da negativa inicial Luís, Filipa disse que ele foi um grande incentivador de sua carreira. Os rótulos produzidos pela enóloga se concentram na região da Bairrada, que é livre de defensivos agrícolas e elaborada à maneira dos antepassados. Para ela, a Baga é varietal, gera vinhos equilibrados com notas de fruta vermelha, musgo e tabaco. Esses vinhos são chamados por Filipa de “Vinhos sem maquiagem”. E, mesmo que no universo dos vinhos portugueses …